Tantos Outonos

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

Quem Quiser Saber, Há de Perguntar...

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Saber o Paladar

de tudo aquilo
que eu não sei
tu és aquilo
que melhor me sabe.


PAR - PT

Etiquetas: , , , , , , , , ,

H2O

"água de beber
bica no quintal
sede de viver... tudo!"

Milton Nascimento - Fazenda



2 copos de água depois de acordar 
ajuda a ativar os órgãos internos.
1 copo de água 30 minutos antes de comer 
ajuda na digestão.
1 copo de água antes de tomar banho 
ajuda a baixar a pressão sanguínea.
1 copo de água antes de ir dormir 
evita ataques do coração.


PAR - PT

Etiquetas: , , , , , , ,

Moto Contínuo

...BoCaBeLoBotoMiAsMaravIlhACreDoSemPresenTeArMaDura...


...BoCaBeLoBotoMiAsMaravIlhACreDoSemPresenTeArMaDura...

PAR - PT

Etiquetas: , , , , ,

30.09.2010




















Vota nesse político, vota, idiota!
Que depois vais apanhar na olhota!
Acredita que te dará trabalho
que levas mesmo é com o caralho...
Eles são a solução mas és tu
quem acaba com o pau na mão.
E quando vires que o Ministro,
Presidente ou Deputado vai nu,
Não hesites, grita:
-"Hei tu, aproveita e vai tomar 
   no meio do olho do teu cu..."


PAR - PT

Etiquetas: , ,

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Frases

Se a vida só te dá limões...
espreme-os nos olhos dos outros!


Etiquetas: , , , , , ,

29.09.2010



há perguntas
que não se faz...
respostas que
não se quer.
faz-se algumas
perguntas para
as quais não
há respostas!
e muito pouco
se faz para
obter certas
respostas
e esquecer
perguntas
erradas!...


PAR - PT

Etiquetas: , ,

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Gerbera pterodonta



























...

tudo se dissolveu 
                                   em azuis marinhos…




a voz, 
              os olhos e a neve que não caiu...
                                                         e a neve
                                                         e a neve



                                                que não caiu...


a voz dissolveu-se

... 






PAR - PT

Etiquetas: , ,

Strelitzia reginae






























aos domingos, o pai escala 
uma lateral do telhado, 
procurando encontrar algum lugar 
onde não haja nenhum olhar, 
nada mais a fazer a não ser
despir-se,  recostar-se e abrir 
os braços largamente, cruzam-se 
seus pés e fazem-se num xis, 
um alvo para que o sol concentre 
todas suas energias sobre ele.
o assento da alma, os pelos húmidos, 
respirando, é o pai que chama 
toda a luz que pode para ele, 
em sua exaustão heróica, 
um guerreiro.

se o seguir, quieto como a luz, 
em genuflexão até ao lado dele, 
íntimo como o sol, a caçar aranhas 
no seu tornozelo 
como um mistério velado, 
quero ler a linha do maxilar 
do pai, a história de sua boca, 
a boca em seus ombros, 
sua barriga.
levemente, 
como beijaria uma flor, 
esfregando os lábios ao longo 
do pénis do pai, 
seu gosto é seco 
como o das pétalas, 
grama molhada, 
doce de seda, 
bonecas velhas.

os braços abertos 
e os pés cruzados  
aos pés da cruz recolho
o pai nos braços, 
a afagá-lo como a um milagre,
não para remover feridas 
mas, para saber 
o que realmente é sofrer.  
parece tudo assim tão natural, 
mesmo a boca 
pressionada de encontro
ao corpo do pai…
de onde tudo foi extraído.



PAR - PT

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Anthurium pentaphyllum

























a próxima
não é a última
a última não é
a mínima
a mínima não é
a única
a única não é
a próxima

a máxima
não é a péssima
a péssima não é
a trágica
a trágica não é
a cénica
a cénica não é
a máxima

a clínica
não é a lúdica
a lúdica não é
a cínica
a cínica não é
a púbica
a púbica não é
a clínica

a técnica
não é a física
a física não é
a tónica
a tónica não é
a métrica
a métrica não é
a técnica

a poesia
não é o poeta
o poeta não
é o poema
o poema não é…

o poema 
é somente
aquilo que 
o poema
não é…

o poema
simplesmente 
não é.


PAR - PT

Etiquetas: , , , , ,

Cattleya labiata























Essa mania minha
de deixar
cortinas abertas…
sem desconfianças.
sem retrocessos.
não há nada mais. 
quinhentos gramas
de farinha
quaisquer seis ovos
etc.
bater tudo
e misturar
com queijo fresco…
tudo
tão doce,
tão leve.
roupas novas,
portas abertas.
cintos de
castidade.
mania minha
essa
de manter
as cortinas
abertas
e as torneiras
fechadas.

PAR - PT

Etiquetas: , , , , , , ,

Impatiens walleriana



















Teu corpo
É uma
Miragem.


Oásis
Deserto
Da vida.


Minha pele
Tem eco
E cheiro
Da tua.


Minha boca
Sabe
De cor
O sabor.


Beijo
Teus pés
E tuas mãos.


Beijo
Tua sombra
Que lambe
As paredes.


Dás-me
Banho.
Róis-me
As unhas.
Penteias-me.


Beijas-me.


Matas-me.


Nossas
Púbis
Unificam-se
Nos côncavos
Das nossas
Mãos.


PAR - PT

Etiquetas: , , , , , , , , ,

28.09.2010



digam o que disserem
consciência não pesa
consciência é um estado
comatoso e translúcido
que não sofre qualquer
efeito por parte da
atracção gravitacional


consciência é sinónimo
de olvido...


consciência é ausência
de um bode expiatório
consciência é um momento
milimétrico no abrir das
persianas


é a cara na penumbra
a sombra por trás da cortina
o olhar desconhecido
nos raios de luz que rasgam
as treliças a seda e o
esquecimento


PAR - PT

Etiquetas: , ,

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

RaPPaRRaPPaR



Lambo
Lombo
Limbo
Biombo
Bomba 
Bombo
Abraço
Berço
Laço
Lasso
Traço
Passo
Poço
Posso
Pouco
Pouco
Pouco
Muito
Pouco
Muito
Pouco
Mesmo

PAR - PT

Etiquetas: , , , , ,

27.09.2010





















vi-te passar para lá
num olhar perdido
ensimesmado
distraído


vi-te passar de volta
em caminhar dormente
entorpecido
esquecido


sem sono - olhos secos - 
e gritos perdidos


                           no ar -
e com vocês a voz do rádio
                           no ar -
salve salve e 
salve-se quem puder
                           no ar -


o ar repleto de aromas


teu hálito quente
verde
a surpreender-me
as narinas
os tímpanos
as solas dos pés
                           no ar -
sem ar para respirar


PAR - PT 

Etiquetas: , ,

domingo, 26 de setembro de 2010

26.09.2010



Salada Semiótica de Orelha de Porco


o porco é um paradoxo
seu corpo sofre 
cortes epistemológicos
seu rabo encaracola-se
envolto em princípios
filosóficos, toucinhos
metafísicos...
seus pés sem tarsos
são só tutano


o porco engole ávido
todos os ossos da biblioteca
o porco acumula
em seu corpo
uma gordura, um ranço
uma tenrura semântica
o porco ronca, arrota
e peida... palavras
difíceis em linguagem
coloquial.


PAR - PT

Etiquetas: , ,

sábado, 25 de setembro de 2010

25.09.2010

telegrama psicografado



aguardo-te,
como se tivesse
bichos carpinteiros,
para vencermos
batalhas imaginárias
de um quotidiano
em mutação...

p.s. agradeço que tragas
o teu peixe-espada.

PAR - PT

Etiquetas: , ,

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

24.09.2010





























alvo de silêncios secos.
negro mosca olho-de-boi,
setas soltas a cortar o ar...
acordar de um sonho
estranho de momentos
helicoidais - elípticas mãos.
unhas cortadas,
cortinas abertas,
janelas janelas...
acordar de um sonho
estrangeiro pesados pés,
cachoeiras.
óbvias arestas no céu do sertão
pão sereia esqueleto de baleia
e um balão longe alto,
prestes a tocar o horizonte...
quatro vezes quatro,
às vezes quarto às vezes meio.
arroz trigo centeio -
linha ténue de sonho -
acordar no meio do incêndio...


PAR - PT

Etiquetas: , ,

23.09.2010

























um rosto é um rosto
pela manhã
ou no sol posto
por anos a fio
de Setembro a Agosto
um rosto simples
de expressões composto.


PAR - PT

Etiquetas: , ,

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

I Say A Little Prayer

22.09.2010



























passo o tempo
a procurar-te
a tentar saber
onde estás
onde estão
teus pés-pensamentos
tua boca-arrependimento
onde estás
onde está o êxtase
que souberas alcançar
que soubeste esconder
que sabias não saber


o tempo passa
colado aos teus pés
penitências
calado em teus lábios
labaredas


onde estarás
quando eu não for
te procurar?


PAR - PT

Etiquetas: , ,

Seis Pleonasmos à Procura de Eufemismo


Sejamos Honestos
Politicamente 
Política Mente
Vamos Sair para Fora
desta Prisão
e Salvarmo-nos Vítimas
de Inocente Ladrão.

PAR - PT

Etiquetas: , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 21 de setembro de 2010

mas, eu não falo português!


ma io non parlo portoghese! 
pero yo no hablo portugués! 
mais je ne parle pas portugais! 
aber ich spreche kein Portugiesisch! 
but I do not speak Portuguese! 
αλλά δεν μιλούν πορτογαλικά! 
dar eu nu vorbesc portugheza! 
но я не говорю по-португальски!
           ولكن أنا لا أتكلم البرتغالية!

PAR - PT

Etiquetas: , , , , , , , , , ,

adopt your own virtual pet!
adopt your own virtual pet!