Tantos Outonos

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

Quem Quiser Saber, Há de Perguntar...

domingo, 31 de outubro de 2010

Favoritismos

...
Atrás
de Mim
Virá
Quem
de Mim
Bom 
Fará
...

a minha frase feita favorita


...

Etiquetas: , , , ,

3 Dançarinas

 

Etiquetas: , ,

31.10.2010





















preciso ver-te nu
verter-te sólido
no peito
preciso permitir
que a pele
te absorva
preciso recolher-te profundamente no cristal dos olhos lacrimejados
preciso saber
se ainda me quererás
habitante do Dédalo
sem fim das tuas veias
se ainda sou acontecimento
inesperado nos teus pesadelos
se ainda continuo
nó nos fios dos cabelos
preciso que me doures
as pontas dos dedos com a tua língua lenta carnuda protuberante
preciso-te sede na borda do copo
preciso-te cedo na beira do corpo
preciso-te sono
sempre a dormir contigo.


PAR - PT

Etiquetas: , ,

sábado, 30 de outubro de 2010

30.10.2010























Sons Desconhecidos


descobri há pouco tempo
que: borboleta
em romeno, diz-se:
fluture
adorei, fez-me lembrar
pedacinhos de papel
a espalhar-se, lentamente,
no ar quando atirados...


fluturi care plutesc pe cer alabastru
ou
borboletas que flutuam no céu azul.


pensamento que afunda no mar azul,
quem é que precisa de 
poderes telepáticos,
se as fluturi levam nas asas
os nossos pensamentos.


de vez em quando 
vejo borboletas
e então meu dia faz-se
muito mais azul
como se cada terminal
nervoso em meu corpo
fosse uma fluture - adorei!


PAR - PT

Etiquetas: , ,

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Por causa d'O Símbolo e porque Gosto de Listas

Resolvi, depois de ler a Lista das Gentes d'O Símbolo
fazer uma lista de BD - HQ - Novelas Gráficas que
amo e tenho, Tesouros Imagéticos e Textuais cuja
existência e permanência serão sempre eternas por
que são Obras de Arte, segue-se então:

























A Vênus das Peles
Masoch / Guido Crepax

Tintim no Congo
Hergé

A Fábula de Veneza - Corto Maltese
Hugo Pratt

H.P. e Giuseppe Bergman
Milo Manara

Crise nas Infinitas Terras
Marv Wolfman / George Perez

Paralelas
Watson Portela

Long Tomorrow
Moebius

Asilo Arkham
Grant Morrison / Dave McKean

Kake
Tom of Finland

Asterix e Cleópatra
Gosciny / Uderzo

Mortadelo e Salaminho
Francisco Ibañez

As Girafas
Mordillo

The Book of Bunny Suicides
Andy Riley

300
Frank Miller

Carlos Zéfiro - Folhetins
Tudo que houver Disponível

Spektro (revista)
A minha Colecção toda

Volúpia
Júlio Shimamoto

Druuna
Paolo Serpieri

Blues
Robert Crumb

Calvin & Hobbes - Algo Babando em Baixo da Cama
Bill Watterson

Chiclete com Banana (revista)
Tudo o que tenho

Heavy Metal (revista)
Tudo o que posso comprar

The Joker
Brian Azzarello / Lee Bermejo

H. P. Lovecraft's Call of the Cthulhu
Michael Ziegerlig

Edgar Allan Poe's Haunt of Horror
Rick Corben

Edgar Allan Poe's Tales of Death and Dementia
Gris Grimly

Maus
Art Spiegelman

Hagar, o Horrível
Dick Browne

A Torre Maldita - Conan
Robert E. Howard / John Buscema

The Portable Frank
Jim Woodring

e mais e mais e mais...
quanto mais me cair nas mãos, mais lerei...

Abraços
PAR - PT

Etiquetas: , , , , ,

29.10.2010





Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas


pollos rellenos de cilantros
the book is on the table
das ist meine Haus
et la peau un peut plus foncée


assim começavam as estórias
as lendas os contos de fadas
lei è una principessa
e porcos e patos e tartarugas
metáforas de fecho-ecler
acabavam todos felizes
para sempre
como assim, para sempre?
se era o fim... não era para sempre!


jag vill inte äta det pappa
fluturi în stomacul meu
a eté une fois hereux pour toujours
was once happily ever after?
o livro não está mais 
em cima da mesa!


começava e acabava
e recomeçava
que una vez fué feliz para siempre...


PAR - PT 

Etiquetas: , ,

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Lista de Gente Interessante

Lembrei-me de seguir a tendência das Listas...

Abaixo estará a minha lista Pessoal
(Extremamente Pessoal)
dos Seres Humanos com quem
gostaria de ter tido uma longa
e proveitosa conversa...



Vou Chamá-la
"Os Arcanos Maiores do Meu Tarot Humano"

Alexandre (o Grande) da Macedônia
Marilyn Monroe
Charles Darwin
Jesus Cristo
Alfred Hitchcock
Cleopatra
Leonardo da Vinci
Siddhartha (Buda) Gauthama
Michelangelo Buonarroti
Lucrécia Bórgia
Henrique VIII
Albert Einstein
Vasco da Gama
Joana d'Arc
James Dean
Paulo de Tarso
Oscar Wilde
Hypatia de Alexandria
São Sebastião
Nostradamus
Judas Iscariotes
Mata Hari

Os convidados já estão todos cá
podemos, então, servir o chá de jasmim,
os bolinhos de bacalhau e os quindins...

PAR - PT

Etiquetas: , , , , ,

Neurastenia Ornitológica Bipolar

Etiquetas:

28.10.2010





sempre deixei, inocentemente, 
que me tivesses à mão
sobre a prateleira
a acumular poeira
e logo eu que não gosto
de música axé-pop
que não me interesso
por coisas fáceis
nós de marinheiro
laços de família
logo eu que não posso
passar muito tempo
na mesma posição
uncartroses cervicais
síndroma de comportamento
bipolar
logo eu que já
desci o Amazonas de Gaiola
subi Carranca o São Francisco
que já não tenho paciência 
de torrar ao sol
de Copacabana...


PAR - PT

Etiquetas: , ,

Portugas - Brazucas

a diferença é que uns
nunca procuram
e se acham o tempo todo
outros procuram sempre
e quando acham
procuram de novo...



PAR - PT

Etiquetas: , , , ,

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Grota ou O Encontro Fortuito num Puteiro Alemão

Se lhe tocar a Gruta
você Grita e fica Grata,
Greta?!



PAR - PT

Etiquetas: , ,

27.10.2010



Era uma vez, três Alice, que resolveram sair da casa dos pais e ir morar sozinhas. Alice de Oz, construiu um palácio cor-de-rosa à beira-mar numa praia remota da Tailândia. Alice de Neve, fez um castelo de Areia nas nuvens que pairam sobre as Ilhas Maurício. Alice Joana Catarina Maria Isabel Sandra Margarida Elisabete etc e tal, mandou fazer um castelo de cartas na floresta tropical húmida do País das Maravilhas.
Acontece que as Alice tinham uma inimiga em comum, que lhes queria comer os fígados crus ao Pequeno-almoço. A Bruxa Calipígia, uma mulher perversa, que com a ajuda de artes mágicas iria, brevemente, tentar deitar por terra as moradas, e os sonhos glitter, das nossas pequenas e bio-desagradáveis princesas.
Porém, e não se pode deixar de o dizer, por sorte, a natureza incumbiu-se de distorcer os desejos de Cali e reduzir-lhe, drasticamente, os esforços.
Como consequências óbvias do aquecimento global, que todos sentimos, quase todos fingimos não sentir e aos quais muito poucos, no todo, sobreviverão.  
Um tsunami violento no Oceano Pacífico e um Incêndio de proporções infernais, na ressecada floresta; obrigaram as duas Alice, vítimas sobreviventes, a pedir asilo político, e abrigo à sua amiga Neve, nos Trópicos.
Pígia - que é a segunda possibilidade de abreviação do nome da nossa estimada e poderosa feiticeira - considerou este repentino empurrão das forças naturais, aos seus sonhos, como uma golpada de sorte sem precedentes e aproveitando-se de suas capacidades licantrópicas, aguardou, pacientemente, a vindoura lua cheia...


PAR - PT 

Etiquetas: , ,

Aos Libertinos

Voluptuosos de todas as idades e de todos os sexos, é a vós somente 
que dedico esta obra; alimentai-vos de seus princípios que favorecem 
vossas paixões; essas paixões que horrorizam os frios e tolos moralistas, 
são apenas os meios que a natureza emprega para submeter os homens
aos fins que se propõe. Não resistais a essas paixões deliciosas: seus 
órgãos são os únicos que vos devem conduzir à felicidade.
Mulheres lúbricas, que a voluptuosa Saint-Ange seja vosso modelo; 
segui seu exemplo, desprezando tudo quanto contraria as leis divinas 
do prazer, que dominaram toda sua vida.
Jovens, há tanto tempo abafadas pelo liames absurdos e perigosos duma
virtude fantástica, duma religião nojenta, imitai a ardente Eugênia; 
destruí, desprezai, com tanta rapidez quanto ela, todos os preceitos 
ridículos inculcados por pais imbecis.
E vós, amáveis devassos, vós que desde a juventude não tendes outros 
freios senão vossos desejos, outras leis senão os vossos caprichos, que 
o cínico Dolmancé vos sirva de exemplo; idetão longe quanto ele, se 
como ele desejais percorrer todas as estradas floridas que a lubricidade 
vos prepara; convencei-vos, imitando-o, de que só alargando a esfera 
de seus gostos e suas fantasias, e, sacrificando tudo à volúpia, o infeliz 
indivíduo, conhecido sob o nome de homem e atirado a contragosto 
neste triste universo, pode conseguir entremear de rosas os espinhos 
da vida.



























Marquês de Sade - A Filosofia na Alcova

Etiquetas: ,

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Odeio Urnas



por favor
identifiquem
a esquerda
para que eu
possa não votar
na direita...

PAR - PT

Etiquetas: , ,

Livros Discos Vídeos à Mão Cheia...

... e deixem que digam que pensem que falem. (C. Veloso - Língua)




Como se diz cá em Portugal, não há Duas sem Três, assim
Tendo já Feito 1 Lista de Filmes e 1 Lista de Canções, só
Faltava 1 Lista de Livros... por que 1 mais 1 mais 1 é igual
a muitos, e quanto mais muitos, melhor...
Aqui mando a minha, e quem quiser que me siga a ladaínha:


1. Água Viva – Clarice Lispector
2. Alice nos País das Maravilhas – Lewis Carroll
3. Apocalipse (O) – São João Apóstolo (atribuído)
4. Bestiário – Júlio Cortázar
5. Bom Crioulo (O) – Adolfo Caminha
6. Budapeste – Chico Buarque de Hollanda
7. Caso dos Dez Negrinhos (O) – Agatha Christie
8. Cem Sonetos de Amor – Pablo Neruda
9. Código da Vinci (O) – Dan Brown
10. Coisas (As) – Arnaldo Antunes
11. Contos de Maldoror – Isidore Ducasse
12. Conversa na Catedral – Mário Vargas Llosa
13. Devassos no Paraíso – João Silvério Trevisan
14. Dispersão – Mário de Sá-Carneiro
15. Divina Comédia (A) – Dante Alighieri
16. Dragões não Conhecem o Paraíso (Os) – Caio Fernando Abreu
17. Egípcias (As) – Christian Jacq
18. Entre Quatro Paredes – Jean Paul Sartre
19. Estrangeiro (O) – Albert Camus
20. Eu e Outras Poesias – Augusto dos Anjos
21. Incrível e Triste História de Candida Erendira e sua Avó Desalmada (A) – Gabriel Garcia Marquez
22. Insecto (O) – Claire Castillon
23. Insustentável Leveza do Ser (A) – Milan Kundera
24. Livro de Mágoas – Florbela Espanca
25. Livro dos Seres Imaginários (O) – Jorge Luis Borges
26. Lusíadas (Os) – Luís Vaz de Camões
27. MacBeth - William Shakespeare
28. Mão Esquerda da Escuridão (A) – Ursula K. Le Guin
29. Mar Morto – Jorge Amado
30. Memórias de Adriano – Marguerite Yourcenar
31. Mensagem – Fernando Pessoa
32. Metamorfose – Franz Kafka
33. Morte Melancólica do Rapaz Ostra e Outras Estórias – Tim Burton
34. No Ritmo Dessa Festa – Bruna Lombardi
35. Orelha de Van Gogh (A) – Moacyr Scliar
36. Origem do Homem e a Selecção Sexual (A) – Charles Darwin
37. Paraíso Perdido – John Milton
38. Pêndulo de Foucault (O) – Umberto Eco
39. Perfume (O) – Patrick Susskind
40. Poesia – Konstantinos Kaváfis
41. Rapaz que Chutava Porcos (O) – Tom Baker
42. Retrato de Dorian Gray (O) - Oscar Wilde
43. Salto Mortal – Marion Zimmer Bradley
44. Sorriso do Flamingo (O) - Stephen Jay Gould
45. Todos os Nomes – José Saramago
46. Último Papa (O) – John Hogue
47. Violino – Anne Rice

P.S.: Resolvi por 47 – 1 para cada ano que vivi até ao momento…




PAR - PT

Etiquetas: , ,

Listas e Listas

Sangrei...
Chorei, chorei, até ficar com dó de mim...(C. Buarque - Bastidores)

mas, aqui temos minhas fitinhas.

K7 Nº 1

A

01 - Bastidores - Cauby Peixoto
02 - Qualquer Coisa - Arnaldo Antunes
03 - Eu Não Sou da Sua Rua - Marisa Monte
04 - Vuelvo al Sur - Astor Piazzola
05 - Autumn Leaves - Leny Andrade
06 - Cry me a River - Ithamara Koorax
07 - Balanço Zona Sul - Elza Soares
08 - Bob - Otto e Bebel Gilberto

B

01 - Mares da Espanha - Ângela Ro Ro
02 - Vitrines - Chico Buarque
03 - Nada por Mim - Renato Russo e Herbert Vianna
04 - Galope Rasante - Ceumar
05 - Two Peacocks - Bill Evans
06 - Refazenda - Rosanna e Zélia
07 - Magrelinha - Zezé Motta
08 - Ternura Antiga - Tito Madi
09 - Disritmia - Ney Matogrosso e Pedro e a Parede
_________________________________

K7 Nº 2

A

01 - Ghost - Antony and the Johnsons
02 - Amor, Amor - George Israel
03 - This Mascarade - Leny Andrade
04 - Boato - Elza Soares
05 - Balada da Arrasada - Ângela Ro Ro
06 - Louco por Você - Caetano veloso
07 - Meu Guri - Chico Buarque
08 - Caja - Rosanna e Zélia
09 - Tirana da Rosa - Titane

B

01 - Vale Quanto Pesa - Luís Melodia
02 - Codinome Beija-flor - Luís Melodia
03 - Close to Me - The Cure
04 - Goldberg Variations - Uri Caine (Dois discos Inteiros)
05 - Blues in the Night - Nouvelle Cuisine
06 - Venus as a Boy - Bjork
07 - Bedtime Stories - Madonna
08 - Aprés un Rêve (Fauré) - Carol Saboya
09 - Money Can't Buy It - Annie Lennox

_______________________________

K7 Nº 3

A

01 - Abundantemente Morte - Luís Melodia
02 - Sinfonia nº 6 (Pastoral) Beethoven - Bratislava Radio Symphony Orchestra
03 - Between Yesterday and Tomorrow - Barbra Streisand
04 - Valerie - Amy Winehouse
05 - Summertime - Scarlett Johansson
06 - Uma Canção Desnaturada - Ithamara Koorax
07 - Desenho de Giz - João Bosco
08 - Formicida, Corda e Flor - Nana Caymmi

B

01 - Bicho de 7 Cabeças - Elba, Alceu, Zé e Geraldo
02 - Gaivota - Amália Rodrigues
03 - Vocês sabem Lá - Ricardo Oliveira
04 - Telepatia - Lara Li
05 - Paixões Diagonais - Mísia
06 - Jura - Vozes da Rádio
07 - Cavaleiro Monge - Mariza
08 - Noite - Eugênia Mello e Castro
09 - E Depois do Adeus - Paulo de Carvalho
10 - Deixa-me Rir - Tetvocal

difícil... ficou muita coisa de fora...
Hei de Voltar com mais, muito mais.

He he he... sou um Tarado por estas coisas.



PAR

Etiquetas: , , , , , ,

26.10.2010








areias escaldantes de um deserto
neves subvertidas de um deserto
ventos ondulantes de um deserto
nuvens vaporosas de um deserto


águas profundas de um oceano
chamas profusas de uma fogueira
ecos profanos de uma cultura
vírus prolíficos de uma doença


medo absoluto de uma noite
medo abstracto de um facto
medo obsoleto de um acto
medo obsceno de um afecto


deserto profundo de um medo
fogueira abstracta de um eco
afecto profano de um vento


lento processo de um beijo
curto projecto de um abraço
farto produto de um amor


dor rasgada no peito (aberto)
flor colhida no campo (deserto)
nome chamado à porta (incerto)


PAR - PT

Etiquetas: , ,

Agricultura



pára de lavrar
o que com a pá lavras
tropa  roupa  rede
par ou parede
parou parede
lavou parede
palavras com 
a pá lavradas...


PAR - PT

Etiquetas:

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

da Mão à Boca

O corpo contém
o líquido
o corpo retém
o líquido


a mão não
é líquida
a mão
é sólida


a mão é um bólide


as bocas trocam
o líquido
os corpos escorrem
o líquido


o pau não
é líquido
o pau é 
sólido


o pau é um bólide


a boca chupa
o líquido
do pau


a mão retira
o líquido
do pau


o pau passa
da mão
para a boca
e sólido
ejecta
o líquido.


PAR - PT



Etiquetas: , , ,

Tantos Outonos

Se não gostas de cor de rosa,esta não é uma página pra ti...
Como se o cor de rosa tivesse alguma coisa a ver com o meu tipo de POESIA!!!
Se não gostas do tema da HOMOSSEXUALIDADE, o problema é teu e não meu!!!
Por isso peço que: se tens vontade de ler, leias! Se não tens vai dar uma volta...pela net!
A poesia aqui inserida deriva de anos de auto estima e desenvolvimento do meu SER.
A poesia aqui inserida foi escrita para quem eu amo.
A poesia aqui inserida pode ou não servir pra ti ou para quem amas.
Isto é que é o importante da poesia aqui inserida: é POESIA!
Ficarei muito contente se a leres e a usares pra ser uma ponte entre ti e alguém...
Ficarei muito contente...sempre, sempre, sempre!!!
Ficarei à espera que a minha poesia seja a tua, a do teu homem, a nossa.
Ficarei muito contente...
Por mim, pelo meu homem, pela minha poesia, por ti, pelo teu homem, pela nossa poesia
e principalmente pela nossa sexualidade, que neste momento de POÉTICA não tem nada.
Beijos, para: TODOS!!!

PAR - PT


Etiquetas: , , , , , ,

25.10.2010

























Oh pequeno poema metabólico
dedico a tua existência
às pessoas esquizometafóricas
como eu...
abortei uma ave feto sem asas
vomitei uma flor pássaro sem olhos
dei à luz um astronauta azul
dei à luz um escafandrista de prata
dei à luz uma prostituta esquelética
beijei mãos esquálidas e níveas
lambi peles pálidas e plúmbeas
toquei corpos plácidos e cálidos
sentei-me num banco de praça
pintei-me branco na pressa
esqueci-me dos brincos na missa
fingi que não era comigo
pensei que não estava comigo
pensei que fingia não ser
fingi que pensava não ver
dei asas ao meu coração
dei olhos ao meu coração
dei à luz uma bailarina obesa.


PAR - PT

Etiquetas: , ,

domingo, 24 de outubro de 2010

24.10.10





























Cloaca


o universo não está interessado
o universo não quer saber
aliás e em bom português
o universo está a cagar-se
para a existência 
nossas dúvidas mesquinharias
certezas...
a religião não respondeu
a ciência não responde e
o futuro tão-pouco responderá
estaremos sempre ocupados
demais com nossos umbigos
para perceber entender
compreender e saber
passaremos sempre os segundos
da nossa ridícula existência
a inventar formas de destruir
para preservar o nada
que nos rodeia e não preenche
o vazio que nos permeia
assim peço licença de passar
com a minha loucura
pode ser que sirva como alívio
à normalidade dos outros
daqui a pouco volto
por que preciso ir ali dar
um bocado de amor
aos meus gatos!


PAR - PT

Etiquetas: , ,

Anemómetro



















Eu sou Luta
não sou Vestal
não sou Puta
Eu vou à Luta
mesmo sem Asas
como as Vacas
mesmo sem Couro
como o Chão das Casas
Eu dou Luta
e tenho a pele Negra
e tenho os olhos Puxados
e tenho a Espada
a balançar
sobre a minha Cabeça!


PAR - PT

Etiquetas: , , ,

sábado, 23 de outubro de 2010

23.10.2010





























as lágrimas das girafas
são diamantes a pingar
do céu a flutuar no ar
vêm de seus olhos nublados
escorrem em seus cílios
longos e curvos
quando choram as girafas
seus olhos assemelham-se
a pavões com seus leques
decorados de preciosidades
as lágrimas das girafas
caem sobre nossas cabeças
como bençãos divinas
as girafas são deusas
paleolíticas que sem aviso
soltaram-se das paredes
das cavernas
quando choram as girafas
é por piedade daquilo
que ouviram os anjos 
a conversar.


PAR - PT

Etiquetas: , ,

Catapulta





escolhe um dos teus
muitos medos infundados
e pendura-o na parede
da galeria,
depois, convida todos
os habitantes do Quirguizistão
para assistir à exposição!


PAR - PT

Etiquetas: , , , , , , ,

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Santíssima Trindade

Alfred Hitchcock, Tim Burton e Pedro Almodóvar
São as Estrelas mais Brilhantes do meu Céu de Cinema,
Amo todos os seus Filmes e nem se quer entro em
discussões desnecessárias com quem não concorde...

PAR - PT

Etiquetas: , , , , ,

5 de Almodóvar

La Ley del Deseo
Matador
Mujeres al Borde de un Ataque de Nervios
Carne Tremula
Volver
Pedro Almodóvar - a Maravilha vem Louca da Espanha. 





Etiquetas: ,

5 de Tim Burton

Alice in Wonderland
Beetlejuice
Corpse Bride
Edward Scissorhands
Sleepy Hollow
Tim Burton - Director que é Absolutamente Sensacional.





Etiquetas: ,

10 de Hitchcock

The Birds
Psycho
Rear Window
Strangers on a Train
Rope
Stage Fright
Frenzy
Spellbound
Dial M for Murder
The 39 Steps
Alfred Hitchcock
O mais Fabuloso Director de Cinema de Todos os Tempos











Etiquetas: ,

adopt your own virtual pet!
adopt your own virtual pet!