Tantos Outonos

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

Quem Quiser Saber, Há de Perguntar...

quinta-feira, 30 de dezembro de 2004

Um Urso...é um Urso...é um Urso.

Posted by Hello

quarta-feira, 29 de dezembro de 2004

O Jogo e o Desejo são maneiras de manter o Toque e o Arrepio na Pele...

Posted by Hello

"O Triunfo da Morte" Jeronimus Bosch

..."Vi, na mão direita daquele que estava sentado no trono, um livro escrito por dentro e por fora, de todo selado com sete selos. Vi, também um anjo forte, que proclamava em grande voz: Quem é digno de abrir o livro e de lhe desatar os selos? Ora, nem no céu, nem sobre a terra, nem debaixo da terra, ninguém podia abrir o livro, nem mesmo olhar para ele;"...
in: Bíblia Sagrada; Apocalipse, Cap.V;Vs.1:3, João, SP, Sociedade Bíblica Brasileira, 1993.


Posted by Hello

Para estudar Geografia...

Posted by Hello

E balança e balança e balança!!!

Posted by Hello

Retroactividades...

Já fazia um tempo que não ouvia Fafá de Belém, que voz doce tem a porra da cantora, já quase me havia esquecido o quão bom é retornar a certos discos esquecidos no fundo da estante atafulhada de 1.000 Compact Disks... A "Canção da Volta" caiu como uma luva no meu momento, é um monumento aos Melómanos.

O tempo parado nas palmas das mãos...

Leituras difíceis nestes dias que correm, as quiromantes foram pra reforma...
Ficaram as linhas por ler... ficaram futuros perdidos num passado presente...
Perderam-se destinos nas entrelinhas...ficaram as mãos abertas, paradas no ar.


terça-feira, 28 de dezembro de 2004

O Ministério da Saudade Adverte:

Posted by Hello

Pudim do Abade de Priscos

agarra-se nos priscos do abade
e bate-se até que grite...

põe-se-lhe azeite a ferver
se gritar outra vez
esmurrar-lhe o focinho.

lave bem os cabelos da primeira
loira que encontrar
e use a água de demolhar
para temperar a calda!

dizer à empregada:
"apaga a luz e mete-a na boca!"

pôr as mamas no microondas
para aquecer o leite.

para dar cor flambar
os priscos do abade
ainda que grite!!!


"Lista das Coisas Que Não Sei"

...
Não sei conduzir
Automóveis
Mas sei com certeza
Dirigir as palavras
Guiar suas rimas
Não sei conter as emoções
Inconsoláveis
Não tirei carta de condução
Mas tirei
Carta de poeta
Não sei andar de bicicleta
Meu pedal são as letras
E meu caminho
As palavras
Não sei nadar
Tenho pavor de água
Mas não tenho medo
De rimar a mágoa
De mergulhar
No sangue da dor
Não ando de barco
Detesto avião
Mas ando no mundo
Num comboio disparado
Com uma flor na mão.
...

Existirmos...a que será que se destina...

Posted by Hello

Memória colorida de meus pais...

Posted by Hello

Porque nossa vida é única.
Porque cada pessoa é única.
Porque tudo o que geramos
Revela a nossa autoria,
Um livro, um quadro, uma ideia,
Um sentimento, uma palavra.

Posted by Hello

Era uma vez…

Três porquinhos que saíram de casa,
Para ir construir as suas casas na floresta.
O leitão mais novo fez uma casa de palha,
O outro uma de madeira.
O porco mais velho construiu
Uma casa de tijolos com cimento e telhas.

Depois de uns dias apareceu o lobo
Que estava com muita vontade
De comer um lombo…
Decidiu ir bater à porta
Do jovem leitão e disse:
- Abre-me a porta que eu tenho
O remédio para as tuas dores.
O bicho quase assado respondeu:
- Estou cheio de sono,
Mas tu não me deixas dormir
Enquanto não acabares de te vir.
Vai-te embora porque eu estou doente.

O lobo furioso encheu os pulmões,
Soprou com muita força
Deitou a baixo a casa do gordo.
O leitão, então, fugiu para a casa
Do porquinho do meio
E o lobo foi atrás dele, e disse:
- Tenho aqui umas bolas para brincar.
O porquinho disse:
- Fodes sem tino e eu que te ature,
É natural que sexo demais sature.
Vai-te embora que é só para me enganares.
O lobo soprou com força
E destruiu a casa de madeira.

Os porquinhos foram para a casa
Do mano mais velho.
O lobo bateu à porta e disse:
- Quero comer os três de uma só vez,
E o porco mais velho disse:
Se tens assim tanta vontade,
Faz-nos bicos e deixa-nos escapar
Para outra realidade enquanto tu
Chupas até ao infinito!
O lobo contente aceitou a proposta.
O toucinho mais velho disse:
- Lobo esperto e bom de boca.
Agora, podemos deixar de comer a três
Podemos comer a quatro ou dois de cada vez…
O lobo e os coiratos viveram felizes para sempre.

...Certas histórias são para ser recontadas!!!

segunda-feira, 27 de dezembro de 2004

Do Rosário…

Vaca bêbada e estúpida

Tão sagrada quanto as

Putas tailandesas…

Com suas maquilhadas

Caras brancas mascaradas

A esconder os maus-tratos,

As manchas roxas.

Os resultados de sua inútil,

Resignada e porca vida.

Olhos de vaca louca…

De peixe em banca de feira.

Cara enrugada, amassada,

Velha, com o peso dos anos

E da porrada bem dada

E aceite ao longo dos anos.

Hás de acordar um dia

E descobrir, vadia…

Que depois de tanto tempo

Só te resta a letargia.

Quem olha para ti, logo vê

Que precisas que alguém

Te aperte as tetas com força

Para tirar de ti algo que valha.

No santuário da incompetência

És a rainha de toda ciência…

Meretriz das submissas,

Deusa de negras missas,

Ídolo vazio das loucas…

Rosário de contas ocas…

Tua ridícula postura

De santa impoluta e barroca

Só existe para disfarçar

O veneno podre de tua boca.

Teu desejo insano e uterino

De ser poderosa e matrona,

Afasta qualquer pecador

Que te sinta o cheiro da cona.

Vai ruminar em outra paróquia

Grande puta do caralho…

..."Este é um poemeto lapidar que escrevi em homenagem a uma senhora que conheci antanhos"


sábado, 25 de dezembro de 2004

A Rena do Nariz Vermelho e o Bambi

A linda e maravilhosa rena...
Que se chamava Rodolfo...
Queria participar de um filme especial...
Voltado para a data de Natal!

Então, ela fez testes...
Em ambientes campestres...
E não foi aprovada...
Pobre coitada!

Mas, perto da sua cidade...
Surgiu a oportunidade...
Para fazer uma parte pequena,
Num filme pornográfico,
Porém cheio de poema!

Ela pensava que iria fazer o papel
De uma rena infeliz,
Que tinha um vermelho nariz!
Porém, seu ânus era apertado...
Pois, nunca fora violado!

Para o teste ela foi recebida
Por um cavalo da cor do maracujá,
Que disse logo para ela
Que era necessário fazer o teste do sofá!

Assim, o ânus desta Rena
Com cheiro almiscarado
Ficou vermelho e arreganhado!

No meio da tal filmagem...
Do filme de sacanagem!
A rena com seu espírito aberto
Conheceu o Bambi de perto!

Assim, surgiu um amor...
Entre estas duas criaturas
Abertas em flor!
Como a rena não aguentava
Emprestar o seu ânus para tanta sacanagem...
Ela resolveu fugir com o Bambi
Bem no meio da filmagem!

Assim, fugiram para a distante e fria Lapónia!
Hoje, o Rodolfo e o Bambi
trabalham para o Pai Natal
Na distribuição de presentes,
Num trenó que cruza o céu.

Momento Pedagógico...

Posted by Hello

Autumn Leaves

The falling leaves drift by my window
The falling leaves of red and gold
I see your lips, the summer kisses
The sunburned hands I used to hold

Since you went away the days grow long
And soon I'll hear old winter's song
But I miss you most of all, my darling
When autumn leaves start to fall

Since you went away the days grow long
And soon I'll hear old winter's song
But I miss you most of all, my darling
When autumn leaves start to fall

I miss you most of all, my darling
When autumn leaves start to fall


Posted by Hello

BS is Simply the BeSt!!!

Posted by Hello

sexta-feira, 24 de dezembro de 2004

Adoráveis Seasons Greetings!!!

Posted by Hello

Horroróscopo

ÁRIES (23 mar a 23 abr)
Você se acha muito honesto, íntegro, independente e poderoso.
Bom... é o que você acha.
Você adora mandar botar tudo pra ferver, desde que do seu jeito, mesmo que seja na porrada.
E, no fundo... bem no fundo... é um coração-de-manteiga (embora d-e-t-e-s-t-e admitir).
Você não consegue influenciar ninguém, apesar de ficar o tempo todo tentando exibir seu poder. Gosta de parecer muito liberal, mas fica desesperado se as coisas fogem do seu controle.
Aliás, o que queria mesmo era dominar o mundo!
Os arianos são ótimos juízes, sogras, lutadores de jiu-jítsu e professores de educação física.

TOURO (23 abr a 22 mai)
Você tem uma determinação canina e trabalha como um condenado.
A maioria das pessoas pensa que você é um pão-duro e cabeça-dura... e estão certas.
Sua persistência faz você um puta de um chato.
Você é guloso, adora natureza, o belo e ser amado.
Taurinos são bons triatletas, vendedores de enciclopédia e decoradores.

GÊMEOS (23 mai a 22 jun)
Você é comunicativo, curioso, bem-humorado, inteligente... e tem duas caras.
Sua inconstância e preguiça fazem de você um manipulador de primeira.
Você não liga para o que os outros sentem e adora distribuir chifres por aí.
Geminianos costumam fazer muito sucesso na política, no circo e pulando a cerca.

CÂNCER (23 jun a 22 jul)
Você é solidário, defensivo e compreensivo com os problemas das outras pessoas...
o que faz de você um xarope.
Você se acha pé-frio e mal amado.
Sua compaixão, sensibilidade e emotividade fazem do homem de
Câncer uma tremenda de uma bichona.
Os cancerianos são ótimos cabeleireiros, melhores amigas e leitores de romance.

LEÃO (23 jul a 22 ago)
Você se considera um líder natural. Os outros acham você um idiota completo.
Você é vaidoso, arrogante, impaciente, como se fosse a última Coca-Cola
gelada do deserto e costuma lidar com críticas na base da porrada.
Os leoninos são ótimos guardas de trânsito, ditadores, emergentes.

VIRGEM (23 ago a 22 set)
Você é do tipo lógico, trabalhador, analítico, tímido, odeia desordem.
Sua atitude detalhista e organizada é enojante para seus amigos e colegas de trabalho.
Você é frio, não tem emoções e freqüentemente dorme enquanto está a foder.
Virginianos dão bons vendedores de bugigangas, costureiras e montadores de quebra-cabeças.

LIBRA (23 set a 22 out)
Você é do tipo artístico, discreto, equilibrado idealista, com muito gosto pelo
harmonioso e esteticamente belo. Se você for homem, provavelmente é viado.
Você sente necessidade de proteger os outros e lutar contra as injustiças,
mas sempre esperando algo em troca.
E, embora não goste de admitir, é um puto de um teimoso, irritante até o último!
Os librianos são perfeitos na advocacia, arquitetura e gerenciando puteiros.

ESCORPIÃO (23 out a 22 nov)
Você é o pior de todos: desconfiado, vingativo, obsessivo, rancoroso, frio,
orgulhoso, pessimista, malicioso, cínico e traiçoeiro nos negócios.
Você é o perfeito filho da puta, só ama sua mãe e a si mesmo.
Aliás, alguns de vcs não amam nem a mãe!
Escorpiano leva jeito para terrorista, nazista, dentista, fiscal da receita e juiz de futebol.

SAGITÁRIO (23 nov a 22 dez)
Você é otimista, aventureiro, entusiástico e tem uma forte tendência a confiar na sorte.
O que é necessário para quem é imprudente, exagerado, indisciplinado, irresponsável,
infantil, sem concentração e limitado.
Isso explica por que a maioria dos sagitarianos é bêbada.
São ótimos garçons, jornalistas e viciados em jogo.

CAPRICÓRNIO (23 dez a 22 jan)
Você é conservador, sério, frio e inflexível como uma baixela de inox.
Sua fidelidade e paciência não encobrem seu lado materialista e ambicioso,
mas quem se importa?
Os capricornianos são um sucesso como agiotas ou mesmo contando dinheiro em casa.

AQUÁRIO (23 jan a 22 fev)
Você tem uma mente inventiva e dirigida para o progresso.
Você mente e comete os mesmos erros repetidamente porque é imbecil e teimoso.
Adora novelas, reunir-se em grupos, ser fashion. Se você é homem, cuidado!
Os aquarianos são ótimos sindicalistas e estilistas; às vezes, ambos ao mesmo tempo.

PEIXES (23 fev a 22 mar)
Você é do tipo sonhador, místico, sensível e costuma se doar muito.
Se você é homem, suas chances de ser viado são muito grandes.
Você é cheio de conselhos fúteis e não faz nada além de encher o saco de todos que se aproximam de você.
As piscianas dão boas apresentadoras de programa infantil e atrizes de filmes pornôs.

Dá sempre jeito num documento mais elaborado:

"Sugiro veementemente a Vossa Excelência que procure
receber contribuições inusitadas na sua cavidade rectal"
(leia-se: -Vá Apanhar no Cu!!!)

Uma Rapidinha!!!

Está uma freira a costurar, pica-se e...:

- Porra! Piquei-me!
- Merda! Eu disse porra!
- Foda-se! Disse merda!
- Caralho! Pra que é que fui dizer foda-se!
- Puta que pariu, não sirvo pra freira...

Voar...Partir...Voar...Retornar.

Posted by Hello

O Belo é Belo em qualquer Época!!!

Posted by Hello

quarta-feira, 15 de dezembro de 2004

A única certeza no AMOR é que AMAMOS.

Posted by Hello

segunda-feira, 13 de dezembro de 2004

Vocabulário Gay

"Já não te vi antes?" = "Belo rabo!!!"
"Sou um Romântico." = "Sou Pobre."
“Preciso de ti…" = "Já tenho a mão cansada..."
“Quero um compromisso.” = "Estou cheio de me masturbar."
“És o único com quem me preocupo." = "És o único que não me rejeitou.”
“Quero mesmo saber de ti…” = “Para poder contar aos meus amigos…”
“É só sumo de laranja, experimenta!!!” = “Mais três destes e vais ter minha cara entre as tuas pernas!!!”
“Ele é Bonitinho…” = “Quero Foder com ele, até perder as forças…”
"Não sei se gosto do tipo!?!” = “Ele não quer ir para a cama comigo!?!”
“Sinto muito a tua falta.” = Estou com tanta tesão, que até uma tartaruga já me excita.”
“Foi bom para ti?” = “Sou muito inseguro da qualidade do meu sexo!”
“Como me classificas em comparação com teus outros namorados?” = “Achaste meu pau pequeno?”
“Bom dia, foi uma noite sensacional!!!” = “Quem és tu?”
“Amas-me realmente???” = “Andei a trair-te e tenho medo que descubras!!!”
“Tenho uma coisinha para te dizer…” = “É melhor fazeres testes ao sangue!”
“Eu telefono-te.” = “Prefiro ser atacado por um animal selvagem a ver-te novamente!”
“Estive a pensar em ti.” = “Não és tão atraente como quando eu estava bêbado!!!”
“Acho que devíamos ser só amigos…” = “Tu és muito feio…”
“Aprendi muito contigo.” = “PRÓXIMO!!!”

...

Posted by Hello

O POVO quer PÃO e CIRCO...

Posted by Hello

Em Um Livro…

Joseph Cohen: Sabes Que És Gay Quando...

Um texto cem por cento lúdico que propõe uma série de perguntas "para qualquer homem que tenha tido dúvidas alguma vez".

Ele as faz com naturalidade e relaxamento.

Atreves-te?

· Teu primeiro urso de peluche foi-te dado por um amigo?

· Há um frio no estômago ao recordar as classes de ginástica?

· Numa película do Oeste, identificas-te mais com Dolly Parton?

· Teu móvel aparador tem mais velas que um altar?

· Podes passar horas à procura de coisas absolutamente divinas?

· Dás-te conta de que estás traumatizado pela morte da mamã do Bambi?

· És capaz de entregar uma lista completa dos homens mais sensuais das últimas décadas?

· Podes identificar um companheiro de ginásio a 50 metros de distância?

· Descobriste o prazer e a dor do roçar de uma barba?

· Alguém, já te enviou um ramo de tulipas e um poema em francês?

· Em um restaurante, apesar de outros se beijarem, tu deves conformar-te com breves carícias debaixo da mesa?

· Queres contar a todos que estiveste em San Francisco?

· Descobriste os benefícios diários do creme hidratante?

· Gostas de um peito... bem peludo?

· Odeias quando os jogadores de futebol se magoam na virilha e não és tu o enfermeiro?

· Te dás conta do mau gosto que tem a maioria dos homens para decorar?

· Teu cão chama-se Óscar?

· Tua gata chama-se Lady Diana?

· Tua mamã trata teu cão ou gato como se fossem netos?

· Querias ficar preso em um elevador com o Bruce Willis?

· Tomas um duche e perfumas-te antes de ir ao médico?

· Sylvester Stallone faz com que caiam-te as pipocas?

· Emociona-te ver as candidatas lutando pela coroa de Miss Universo?

· Não tens a mínima ideia como vão as eliminatórias para o Mundial de Futebol nem te importa o mínimo, mas tua fruta favorita é Figo?


“Duplas Invencíveis do Cinema”

Alguns "CROMOS" merecem ser coleccionados e guardados...

Bruce Willis e Brad Pitt em “Twelve Monkeys”.
Keanu Reeves e Laurence Fishburne em “Matrix”.
Sigourney Weaver e a Criatura em “Alien” (1,2,3 e 4).
Johnny Depp e Christina Ricci em “Sleepy Hollow”.
Umma Thurman e John Travolta em “Pulp Fiction”.
Raul Julia e Angelica Huston em “Addams Family”.
Harrison Ford e Rutger Hauer em “Blade Runner”.
Jean Reno e Gary Oldman em “Leon”.
John Malkovish e Glenn Close em “Dangerous Liaisons”.
Bette Midler e Goldie Hawn em “First Wives Club”.
Javier Barden e Victoria Abril em “Entre las Piernas”.
Antonio Banderas e Carmen Maura em “La ley del Deseo”.
Eiko Ishioka e Tarsen Singh por “ The Cell”.
Jeremy Irons em “Gêmeos - Mórbida Semelhança”.
Kevin Spacey e Ed Harris em “American Beauty”.
Barbra Streisand e Omar Shariff em “Funny Girl”.
Jack Skellington e Sally em “Nightmare Before Christmas”.
Jessica Rabbit e Betty Boop em “Who Framed Roger Rabbit?”.
Katleen Turner e Sam Waterston em “Serial Mom”.
Matthew Broderick e Harvey Fierstein em “Torch Song Trilogy”.
Jason Alexander e John Glover em “Love, Valour, Compassion”.
Gato das Botas e Fada Madrinha em “Shreck 2”.
Liza Minelli e Michael York em “Cabaret”.
Ewan McGregor e Nicole Kidman em “Moulin Rouge”.
Madeline Kahn e Lesley Ann Warren em “Clue”.
Gene Wilder e Marty Feldman em “Young Frankenstein”.
Peter Falk e Maggie Smith em “Murder by Death”.
Geraldine Page e Ruth Gordon em “Whatever Happened Aunt Alice”.
Barney James e Leonardo Treviglio em “Sebastiane”.
Marieta Severo e Marco Nanini em “Carlota Joaquina”.
Catherine Deneuve e David Bowie em “The Hunger”.
Sophia Loren e Jean-Paul Belmondo em “La Ciociara”.


Café e Cigarro em Frente à Tela para ver Todos estes Filmes…


Premiadas, nomeadas ou secundárias. Coladas às caixas das bandas sonoras, às películas dos filmes ou às capas dos livros.

domingo, 12 de dezembro de 2004

Lindo!!! Nada mais bonito que este Afresco de Miguelângelo, A Criação de Adão... o momento do toque, o momento da oferta, o momento no tempo, o resumo de todos os momentos...repetímo-lo a cada acção e reacção que temos em todos os momentos de nossas vidas.

Posted by Hello

Isto é o que eu chamo "Ir À Luta"...

Posted by Hello

Beijar e Beijar e Beijar...

Posted by Hello

A Monstruosidade está nos Olhos de quem a Vê!!!

Posted by Hello

A Subtileza e a Elegância não fazem mal a ninguém...nem fazem extinguir os Flamingos.

Posted by Hello

sábado, 11 de dezembro de 2004

A Arte não pode Chocar, A Arte é só um Meio de Espressão e Comunicação.

Posted by Hello

As Opiniões...

Por que estão as pessoas sempre à espera de que formemos opiniões sobre isto ou aquilo, à velocidade da luz; nem tivemos tempo ainda de digerir e já nos querem a emitir opiniões... que é como quem diz: ainda nem comemos a comida e já querem que limpemos o cu...

Meu AMOR fez anos ontem...foi mais um ano de AMOR!!!

Posted by Hello

As Aves sempre me Fascinaram, não por saberem Voar, mas sim por saberem Pousar...

Posted by Hello

As Três Mulheres Lindas da Minha Vida: Mãe, Irmã e Sobrinha

Posted by Hello

quinta-feira, 9 de dezembro de 2004

Cinderela

O serrilhado dos fios,
Aglomerando a noite, com fome.
Os gatinhos a miar,
Embalados dentro de uma caixa,
Primeiro envio de classe federal expressa.
As lâmpadas de rua
Tremulam em um medo de 120 watts,
Testemunhas mudas
Que procuraram por uma voz.
Anatomia das peles de cães esfomeados,
Cercas quebradas com escapes
Que ninguém incorpora.
Os homens pequenos com suas agulhas sujas,
Atolando na trilha das veias
O veneno por engolir.
As vidas quebradas
Sentam-se confortavelmente
Na sombra com os fantasmas
Que batucam dentro dos troncos,
Pedindo para ser deixados vir para fora.
Os meninos desperdiçam esperanças
Nos broches subterrâneos,
Lisos rios como sémen, propagando fetos.
Os corpos doentes, colisão mútua,
No pânico maníaco, dos mucos
Que encheram as bocas.
Um bebé neblina, vagueia as ruas,
Arrastando o resto da placenta atrás,
Cordão umbilical à disposição.
O bebé balança, os olhos cegos
E ossos fracos no meio de uma rua,
Jogando a salto à corda,
Com um cordão umbilical.
Um bebé minúsculo,
coberto no sangue grosso,
Sentando-se na cabeça
De um cervo decapitado,
Tentando afastar-se a galope.
Da tardinha ao alvorecer,
Da cidade à cidade,
Sem um único indício,
Eu procuro o delicado,
Pé delgado onde caiba
Este sapato de cristal.
Da tardinha ao alvorecer,
Eu tento-o em cada um
Com que eu me encontro.
E eu o amo ainda assim,
Mas, oh! Começo a odiar os pés.

A essa dimensão estética da representação denominou-se ARTE.

Sempre foi natural do homem procurar o registro puro e simples dos acontecimentos à sua volta. As pinturas rupestres das cavernas pré-históricas, bem como as inscrições hieroglíficas do antigo Egito e imediações, são testemunho desta necessidade, desde os mais remotos tempos. Mas, uma vez dominada a técnica do registro através do desenho, o homem passou então a desenvolver uma dimensão estética destes registros, que se preocupava não apenas com a simples representação, mas uma representação aprazível e coerente. A essa dimensão estética da representação denominou-se ARTE.
Os gregos foram, sem dúvida, os primeiros a teorizarem sobre a natureza da representação artística, seu valor e sua utilidade. Pitágoras, por exemplo, via na música a manifestação artística da matemática, e Aristóteles via na poética (que para os gregos subentendia a manifestação dramática, literária e poética propriamente dita) a mimese da sociedade. Mas quanto à imagem, Platão deu-nos os princípios básicos, válidos até hoje, do comportamento estético frente às artes plásticas, e que hoje podemos estender até a fotografia, visto que ela também trata primordialmente da imagem.

Para Platão, existem dois tipos de imagem: Uma objetiva, detectada por nossos sentidos da consciência, e outra subjetiva, advinda de uma idéia, de um pensamento. A necessidade desta subdivisão entre o mundo real e o mundo das idéias partiu da premissa de que tudo o que existe no mundo real é fruto do mundo das idéias. Embora os atributos filosóficos desta premissa quanto ao mundo natural sejam deveras complexos e necessitariam de um estudo específico para tal, podemos nos fixar, para fins do presente estudo, nas artes, da qual a fotografia faz parte (1). No campo da arte, não há como duvidar que toda a produção artística provém de uma idéia, e é manifestada no objeto de arte pelo artesão competente para tal. A idéia, portanto, antecede a realidade estética, e nela situa-se a matriz criadora de toda e qualquer manifestação artística. A importância deste conhecimento para nossa finalidade se faz evidente quando temos que produzir ou entender uma obra de espírito artístico, pois só conseguimos chegar a algum resultado na compreensão ou produção de uma obra se tentarmos detectar e interagir com essa matriz. A colocação em evidência desta pequena gota, tirada do oceano platônico de conhecimento, será para nós importantíssima, pois aqui está um pequeno compêndio técnico que precisará desta chave para ser posto em prática enquanto manifestação estética, tanto para a produção da arte fotográfica quanto para sua apreciação.

Depois da idade áurea da filosofia grega, as teorias estéticas voltaram-se para a única fonte de arte imagética conhecida, as artes plásticas. No entanto, devemos fazer um pequeno parêntese sobre a história do conhecimento da luz, peça de fundamental importância para a obtenção do fenômeno fotográfico.


(1) A colocação da fotografia enquanto arte não foi simples; muita teoria estética foi posta em discussão até que tenha havido um consenso sobre sua natureza artística.

Delicioso Cadáver

Eu fui ousado o bastante
Para dar meu desprezo à ocasião.
Há uma chamada a agarrar a atenção
Eu detesto qualquer amor
Que signifique servidão,
Que esteja numa grade de programação,
Anunciando datas e épocas
Como sentenças penais.

Eu desfiz os laços
E os sorrisos brilhantes do compromisso,
E os equipamentos que cabem
Como um traje de palhaço;
Eu olho um palhaço,
E ressinto-me da canção
Mas amo a dança
Que conduz logo à cama,
Onde os risos são sempre bem-vindos.

Os convites às funções aparecem
Como sentenças de morte pelo comité,
E os petiscos servidos,
Com seus temperos de cianeto,
Aos doutores que querem sufocar-se
Com tais afrodisíacos paradisíacos.

Eu fico satisfeito de ter estado aqui
Por um tempo suficientemente longo
Para poder sair,
E não necessito ser levado à porta
Com seus lisuras e volte sempre.
No recolhimento, não há nenhum sexo
Excepto a carne perfunctória,
Nenhum oferecer do amor:
A vontade selada e calma de buscar,
Adoptar a postura modelo
E acreditá-la nas aparências,
Erguer os copos e bebericar…

Não há nenhum amor que ofereça vitórias,
Mas no desfazer das camas,
Existe um tempo deixado para trás.
Em todas minhas transacções com isto,
Eu tentei, a seguir fugi,
Às vezes não fugi sozinho.

Não há nenhum amor que ofereça vitórias,
Mas pode desfazer muitas camas.

terça-feira, 7 de dezembro de 2004

A Demência de Pinochet

O absurdo absorve as atenções, o absurdo centraliza as atenções e direcciona as intenções... Vamos então conceder imunidade aos Capacetes Azuis? Bem, ao que parece eles não podem ser julgados por crimes de guerra, quando mais não for porque são uma força de PAZ. Vamos arquivar o caso Pinochet, por demência? Como se todo o criminoso já não fosse demente por natureza! Vamos conceder prémios de literatura a escritores chatos, de livros ainda mais chatos, que ficam super bem, entre bibelôs e bugigangas, nas estantes lá de casa...
Vamos comer, mais, desta mostarda, pois nos faz ser mais portugueses, ao evitar que as mulheres percam seu precioso tempo a preocupar-se com a educação. Mas que vão fazer piqueniques com seus filhos. Que aproveitem e os façam num campo de refugiados da Bósnia – não esquecer de levar um livro do Paulo Coelho, para ajudar na digestão. – Levando comida extra. (Nunca se sabe quantos soldados da PAZ (?!) vão aparecer.)
Aos homens, sugerimos a mesma mostarda, aqui por razões diversas, serão, cada vez mais, portugueses preocupando-se, cada vez menos, com a união europeia e seus problemas económicos. Assunto este muito pouco indicado a portugueses e outros “pobres machos latinos”, já que depois da mostarda, refastelado, o bom “portuga” pode, e deve, falar de futebol, que: - “que quando Portugal ficou fora, apoiamos o Brasil, não por razões qualitativas, mas por que por lá fala-se uma língua muito parecida com o português. (Uma dita lusofonia de integração dos povos!!!) Eu cá prefiro a pornofonia, ainda mais se acompanhada de uma boa pornografia e mostarda. (não exactamente nesta ordem!)
Absurdo! Absurdo! Os EUA venceram-nos! Vetaram as decisões do Tribunal Internacional e exigem imunidade aos Capacetes Azuis. E têm razão os “pobrezinhos”, qualquer estadunidense que se preze tem que ter “imunidade”, pois, assim como os vírus e as baratas, a cada nova geração tornam-se mais imunes à vontade das outras espécies, principalmente a humana! Absurdos são os índices das bolsas internacionais e não a fome na Somália! Absurdos são os que lutam pela liberdade de expressão e não o “terror” nas palavras de Sharon e Arafat e Bush! Absurdos não são os litros de leite que se atira à terra pelo bem dos acordos económicos europeus. Absurdos não são os acordos europeus. (?) Absurdas são as palavras que escrevo, assim, garanto que não me atribuem prémio literário nenhum. Parei! Fui! Pronto, já podem fechar a boca!!!

sábado, 4 de dezembro de 2004

A Peta é uma GATA muito Doida e Linda!!!

Posted by Hello

o Fofo é meu Gato e só MIA em Português...

Posted by Hello

sexta-feira, 3 de dezembro de 2004

Rumba Cósmica

“...Baila tu cuerpo, alegria y macarena...”
No princípio havia um PC e Deus disse:
- Faça-se luz!
- Entre com o nome do utilizador:
- DEUS
- Entre a palavra-chave:
- Omnisciente
- Palavra-chave incorrecta, tente novamente!
- Omnipotente
- Palavra-chave incorrecta, tente novamente!
- Tecnocrata
E Deus foi autorizado às 12:01 h, domingo, 1 de março!
- Faça-se luz!
- Comando não reconhecido, tente novamente!
- Criar luz!
- Done, o.k.!
- Correr Céu e Terra.
E Deus criou o dia e a noite e notou que não havia erros.
Deus deu saída às 12:02 h, domingo, 1 de março!
Créditos disponíveis: 92.50 €.
Entrada às 12:00 h, segunda, 2 de março!
- Faça-se o firmamento entre os mares e o céu!
- Comando não reconhecido, tente novamente!
- Criar firmamento!
- Done, o.k.
- Correr firmamento.
E Deus dividiu as águas e notou que havia zero (0) erros.
Deus deu saída ás 12:01 h, segunda, 2 de março.
Créditos disponíveis: 84.60 €.

...

- Faça-se o homo à nossa imagem!
- Erro de digitação, tente novamente!
- Criar homem!
- Done!
- Mover homem para Jardim do Éden!
- Ficheiro jardim do Éden não existe, deseja criá-lo?
- Criar Jard.ed.en
- O.k.!
- Mover!
- O.k!
- Copiar mulher de homem!
- O.k!
- Inserir mulher em homem!
- Parâmetros incorrectos, tente novamente!
- Inserir homem em mulher!
- O.k!
- Criar desejo!
- Done!
- Criar livre arbítrio!
- Done!
E deus viu seus fantoches fazerem coisas...e viu serem criados ficheiros novos, sexo.livre.dll e prazer.assim.dll...
- Eliminar desejo!
- Desejo.exe não pode ser eliminado depois de livre arbítrio ter sido instalado.
- Destruir livre arbítrio.
- Livrarbitrio.exe é um ficheiro inacessível e não pode ser destruído!
- Criar Árvore do Conhecimento!
- Done!
- Criar o Bem e o Mal!
- Done!
- Activar o Mal.
E Deus viu serem criados ficheiros de apoio chamados: frutoproib.dat, pecado.dat, folhaparreira.bmp e vergonha.txt.
- Aviso: Ocorreu um erro de sistema no sector e95.
- Homemulher.gif não estão em jard.ed.en
- Procurar!
- Busca falhou!
- Eliminar vergonha.txt!
- Vergonha.txt não pode ser eliminada depois de instalado o Mal!
- Eliminar livre arbítrio!
- Livrarbitrio.exe é um ficheiro inacessível e não pode ser destruído!
- Stop!
- Comando irreconhecível, tente outra vez!
- Erro!
- Erro!
- Erro!
- Atenção todos os utilizadores. A central será desligada para manutenção dentro de 5 minutos. Por favor queiram sair e desligar seus terminais.
- Criar novo mundo.
- Utilizador Deus excedeu seu espaço reservado a ficheiros. Deve destruir ficheiros antigos para criar novos.
- Faça-se anti.cristo.exe e apocal.ipse.exe!
- Erro de parâmetros!
- Criar E.U.A.exe e JoaopauloII.ppl.exe.
- Done!
- Destruir Terra!
- Confirme!
- O.k.
- Destruir Terra confirmado! Comando será executado no resumo de reabertura.
- Erro fatal!
- Erro fatal!
- Todos os utilizadores devem sair imediatamente!
E Deus deu saída às 23:59 h, sexta, 6 de março. Pior, Deus estava sem créditos.


Baseado em texto de Steven Katz - 1991

"A vida é tanta que chega a doer..." Fernando Pessoa 1917

Há pensadores que proclamam quê se a idade moderna começou com a descoberta da América, esta também acabou na América. Diz-se ter ocorrido no ano de 1969, quando se mandou o primeiro homem à lua. Deste momento histórico em diante, uma nova era na vida da humanidade pode ser marcada. Hoje, muitas coisas indicam que acabamos de terminar um período de transição, pois parece que uma coisa caminha para o seu fim e outra está dolorosamente nascendo. É como se algo estivesse explodindo, decaindo, exaurindo-se, enquanto outra coisa, muito distinta, estivesse surgindo das ruínas.
Períodos da história, onde os valores se submetiam às trocas fundamentais, não o eram sem precedentes. Aconteceu no período Helenístico, quando das ruínas do Clássico, a Idade Média, gradualmente começou a nascer; também o Renascimento, que abriu o caminho para a Idade Moderna. As características distintas de tais períodos de transição, são uma mistura e combinação de culturas e uma pluralidade ou paralelismo de mundos espirituais e intelectuais. São períodos em que todos os valores consistentes, do sistema, entraram em colapso, onde culturas distantes no tempo e no espaço são descobertas ou redescobertas. Períodos onde há uma tendência a avaliar, imitar e amplificar, mais do que afirmar com autoridade ou integrar. Novo significado nasce, gradualmente, do encontro, ou intersecção, de elementos muito diferenciados. Hoje, esse estado de espírito, ou do mundo, humano, é chamado Pós modernismo.
Para nós, o símbolo deste estado, seria um beduíno montado num camelo e vestido de roupas tradicionais, sob as quais veste ganga, com um telefone celular nas mãos e um adesivo da Coca-Cola, nas costas do camelo. Não estamos ridicularizando-o, tampouco elogiando um corte intelectual sobre a expansão comercial do oeste que destrói as culturas estrangeiras. Vêmo-lo mais como a típica expressão de sua era multicultural, um sinal de que um amalgamento de culturas está tomando lugar. Vemos nisso a prova de que algo está nascendo, que estamos numa fase em que uma era sucede a outra, onde tudo é possível, porque nossa civilização não possui seu próprio estilo, ou espírito, quiçá estética.


As Frases Desfeitas

Help, I need Somebody, help!!!!

Alguém pode dizer-me o que se passa com nossa LINDA e LATINA língua...?


quinta-feira, 2 de dezembro de 2004

O Sexo dos Anjos

Gostos (como as cores) não se discutem, muito menos os maus gostos, ainda menos os desgostos... Para quê discutir à volta do mundo, se estes ou aqueles têm mais ou menos razão, na defesa de seus pontos de vista? As razões, obviamente, serão sempre atribuídas àqueles que interessem como parceiros (sócio – económico – políticos). Há actos de terrorismo e actos piores, como gerar e parir uma criança. Trazer uma criança para este mundo, há de ser uma das melhores formas de confirmar as dogmáticas afirmações da Família, da Religião e do Estado. Ter um filho é como comprar artefactos bélicos de segunda mão, já que, como estes, além de não justificarem o dinheiro aplicado, nunca se sabe quando, nem como, vão explodir! Isso sem falar que o acto de parir é uma demonstração, óbvia, de ódio pelo resto da humanidade que, sem ter qualquer culpa, terá que aturar suas birras, gritos e falta de respeito, sem poder fazer ou dizer NADA, nem à criança nem aos pais, uns porque são auto-suficientes demais para dar atenção e outros por serem demasiado estúpidos para tomar atitudes. O vice-versa, aqui, é verdadeiro e indiscutível. Parir é, o mais violento, inesperado e destruidor, acto de terrorismo que se pode praticar!
Essas pequenas bombas-relógio que nos cercam, onde quer que estejamos, com suas brincadeiras (inocentes?!) são o resultado da má administração política e religiosa do mundo contemporâneo. São os mini cofres de todos os anseios, medos, cinismo e pecados de seus pais, avós, bisavós etc. Não se pede que não nasçam, pede-se que quem os fez nascer, tenha a decência e inteligência suficientes para educá-los, alimentá-los e fazer deles adultos que não queiram cometer o mesmo erro de seus pais, que é simplesmente ter tido filhos. Aqui está uma forma sensacional de convencê-los: quando seu filho chegar aos trinta anos, apresente-lhe uma factura detalhada, com dezanove por cento de IVA, com todos os gastos que teve com ele, desde a concepção até o dia de seu trigésimo aniversário. Tranquilize-o, dizendo que pode pagar em suaves prestações bonificadas, durante os trinta anos seguintes. Se depois disto, seus filhos ainda quiserem dar-lhe netos (essas coisas fofas!), interne-os ou deserde-os, ou, ainda melhor, dê-lhes um tiro nos focinhos, afinal o seu dinheiro foi muito mal empregado na criação de um estúpido renitente como ele. Peça-lhe a devolução, sumária, de todos os beijos de boa noite, desperdiçados, antes de matá-lo.

Perdendo os três...

Há que perguntar ao grande público, num arremedo de levantamento estatístico, elo mais fraco, sob os auspícios de Paulo Portas e no âmbito da administração dos quadros superiores da Universidade Moderna, quem afinal vem a ser Peter Greenaway? Ou David Lynch? Ou ainda David Cronenberg?
Se acharmos que facilita, podemos dar-lhes a escolher entre três hipóteses: a – Artistas Plásticos b – Realizadores c – Não são políticos nem futebolistas portugueses.
A nível estatístico, pode-se esperar uma esmagadora escolha da terceira alternativa, já que para o público português é a mais possível e menos arriscada!
Por um lado, por que as Artes Plásticas são uma coisa que lhes escapa ao domínio (culpa da escola e não deles!).
Por outro, realizadores não são importantes, pelo menos não tanto quanto o Van Damme, o Stallone ou o Schwarzenneger, e apesar dos nomes não serem muito diferentes dos nomes dos futebolistas que neste jardim atlântico actuam, só o caso da última opção começar por um “não”, já se apresenta como boa alternativa para afagar o infinito e encastrado negativismo lusitano.
Desta maneira: “O cozinheiro, o ladrão, a mulher dele e o amante dela” podem pôr suas domingueiras roupas de “Veludo Azul” e irem todos pela auto-estrada a 360 km/h até que um “Crash” resolva o assunto.
P.S. : Aguardamos ansiosamente os resultados e o novo filme de um tal de Pedro Almodóvar.
P.S.2: Queremos também ver a sequela: “Harry Potter e a pedra fundamental de Alvalade”.
P.S.3: Quem ganhar ou quem perder a “Quinta das Celebridades” devia doar o cérebro à ciência, para pesquisa “in vivo”.
P.S.4: Não há mais P.S.

As Celebridades Burras

- “Qual é a maior glândula do corpo humano?”
- “O Fígado!!!”

Diriam os concorrentes mais sábios de um qualquer concurso televisivo de uma qualquer pré extinta RTP à guisa de crónica de uma morte, por cirrose, anunciada... a RTP é o Elo mais Fraco, adeus! Quem quer ser milionário? A Júlia, que não é quinta, mas é Pinheiro, quer certamente, pois sai da SIC, rapidamente, logo que vê o acenar dos Euros ao longe, numa RTP que como assunto de crítica para umas Noites Marcianas era gorda e farta, mas que como patroa e pagante é ainda melhor, dona de umas glândulas enormes, neste caso as mamárias, quando não afanosamente obesa, depois demissionária vai abrigar-se na TVI!!!
Acontece que no exacto momento em que vivemos, somos, então, obrigados a responder que as maiores glândulas do corpo humano - e, aqui, cabe um pedido de perdão às senhoras, que não possuem tais glândulas – são os testículos, vulgo culhões, que têm andado tão cheios, ultimamente, que já obrigam os portugueses a uma postura corporal de actores secundários de um qualquer western italiano classe “Z”. Aqui, cabe outra vez o pedido de perdão, desta vez, aos caniches das senhoras, aos quais, normalmente são extirpados os ditos cujos!!! Queres ter um caniche assim??? Então come mais, mama mais, segura nas tetas da Quinta das Celebridades, a novela da vida irreal, onde pagamos nós as contas que não souberam os governos reduzir, que elegemos nós, uns por falta de opção, outros por excesso de corrupção.
Esta confusão glandular dá o que pensar, pois não sei se quero que, num momento de mera confusão, nosso fígado comece a ser uma glândula secretora de esperma, o que seria desagradável no caso de um vómito. Ainda pior seria o caso oposto, em que nos veríamos a ejacular bile, não tanto pelo aspecto, mas pelo sabor... mas como diz o velho ditado, quem não gostar que cuspa ao invés de engolir...
De qualquer maneira, as nossas glândulas andam cada vez maiores e mais cheias, graças aos concursos, aos caniches das senhoras e, finalmente, graças aos hambúrgueres feitos da carne dos caniches!!!

quarta-feira, 1 de dezembro de 2004

A Pele em Pedaços

Um quadro pintado a óleo, durante o Renascimento, com rachaduras, estalado, com rachaduras; com rugas profundas, uma obra prima, de um pintor que não aceitava o título de pintor.
Um sorriso enigmático, olhar de soslaio, olhar hipnótico, um fundo em chamas, impressões surreais nas retinas de quem olha aquele olhar, de quem se rende ao sorriso, de quem queria ser tão bom pintor quanto aquele cientista; de quem lê as rachaduras na superfície da pele, a óleo, do quadro; de quem acha que já era hora daquele sorriso dar uma passadinha na Corporación Dermoestetica!!!

Já agora, se um gajo que diz que não é pintor pinta um quadro desta maneira, imaginem se ele resolve ser pintor... eu cá acho, com meus botões, que como cientista ele era um grande pintor.
O tipo era um génio, conseguiu esboçar uma boa parte das máquinas que para nós são banais e para o seu tempo não passavam de alucinações alquímicas. Se calhar, sem saber, seus estudos anatómicos é que abriram caminho para a existência da Corporación Dermoestetica.

Dizem, além do mais, que o quadro é uma muito bem engendrada forma de nos ludibriar, uma espécie de auto-retrato “drag queen” renascentista, em que o pintor, que não o era, faz da meta-linguagem (invenção do séc. XX) uma forma expressiva de sua própria homossexualidade. (Desculpem o termo, mas não há outro, se quiserem podem interpretar a frase como: “uma paneleirice de autor”.) E, se assim foi, palmas para ele, que mais uma vez confirmou sua genialidade de pintor! Não que já não estivesse antes comprovada pela “Virgem dos Rochedos” ou pela “Última Ceia”, onde, se repararmos bem, o Cristo tem a cara igual à da mulher do outro quadro, que por sua vez tem a do cientista que não era pintor, mas era um génio!!!

E que pele tinha o artista cientista drag queen, pena que, com os anos, criou lá suas rugazitas...
É bela a pintura, é belo o sorriso é belo o cientista que mora na pele do pintor, é bela a obra que sobrevive 500 anos... A Corporación financia em até 5 anos...A pele, o sorriso e as rugas ficaram no tempo, racharam. A pele, o sorriso e as rugas racharam com o tempo, ficaram.

E os japoneses, parados, em frente à obra, com suas câmaras, desconhecem a existência da Corporación Dermoestetica.

adopt your own virtual pet!
adopt your own virtual pet!